terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

A primeira greve estudantil em são Luis de que se tem notícia

O povo do maranhão e em particular o de São luís traz de longa data disposição para se rebelar contra jugos e opressores, assim fizemos contra invasores estrangeiros, capitães - generais, magistrados, militares etc,. E os estudantes maranhenses tem tido papel importante nesses feitos de liberdade, de idealismo e lutas cívicas a favor da independência nacional ,da abolição da escravatura e da proclamação da repúlblica. com o objetivo de manter acesa a chama da liberdade que vive em nós publicaremos relatos desses momentos históricos que tiveram os estudantes como protagonistas .
começamos com um texto de Jomar moraes- extrído do guia de são luis do -ma.


Data de início do século XVIII ( julho de 1706) a primeira greve estudantil de que se tem notícia em são luis. O colégio de Nossa senhora da luz, fundado em em 1626 e dirigido pelos jesuítas ,tinha por sua principal festa, a que celebrava Santo Inácio de Loiola a 31 de julho . De comemorações colegiais, foram, com o tempo transformadas em festas da cidade que as ampliou em duração e nas manifestações profanas ao gosto popular das folias, mascaradas, bailes, alardes, danças "e outras invenções várias" como escreveu cronista conteporâneo dos fatos.
Por julgarem que as festividades degeneravam em pertubação pública e "ações descompostas" os padres as proibiram terminantemente, e durante quatro anos São luis não viveu as alegrias da temporada de Santo inácia. Mas em 1706 os estudantes resolveram restabelecer as festas, e o fizeram com muito entusiasmo, logo a partir de primeiro domingo de julho . Os padres protestaram, porém em vão. Os estudantes com apoio quase unânime de seus pais, cairam na gandaia e, de quebra, espalharam pelo colégio em prosa e verso desaforadas críticas aos padres, que só tiveram uma saída: fechar temporariamente o colégio para que nele não entrassem nem os estudantes nem as suas ofensas e provocações.

Um comentário:

  1. Maravilhosoooooooooo
    meus sinceros parabéns, isso é cultura.
    Sucessooooo

    ResponderExcluir