terça-feira, 12 de maio de 2015

O estado policial

   O estado policial,   monitora todas  as  iniciativas cidadãs,monitora no sentido literal do termo,  nesse  estado  é muito comum  torturadores  e inimigos dos  direitos  humanos  estarem     à frente  do aparato administrativo, quando    posicionados   colocam a  seu serviço  e de seus interesses  o que deveria  ser público , patrimônio de todos.  Assim   os dirigentes desse aparato  logo dão um jeito de  se locupletar.
Se estão   a frente de  uma estrutura  administrativa      empregam   parentes      e amigos    dos amigos  e  filhos dos amigos, mesmo onde  deveria  ser  eminentemente técnico.  Bom essa é  a face menos  trágica da coisa, manipulam , pessoas       e  situações,   maquiam      realidades   ,, incriminam     quem nada deve, apresentam relatórios falsos, mas   como todo mal,  logo se destrói

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Confúcio e o governo

  • Zizhang procurou Confúcio por toda a China. O país vivia um momento de grande convulsão social, e ele temia derramamento de sangue. Encontrou o mestre junto a uma figueira, meditando.

  • Mestre precisamos urgente de sua presença no governo”, disse Zizhang. “Estamos à beira do caos”.

  • Confúcio continuou meditando.

    “Mestre, ensinaste que não podemos nos omitir”, continuou Zizhang. “Disseste que somos responsáveis pelo mundo”.

    “Estou rezando pelo país”, respondeu Confúcio. “Depois irei ajudar um homem na esquina. Fazendo o que está ao nosso alcance, beneficiamos a todos. Tentando apenas ter ideias para salvar o mundo, não ajudamos nem a nós mesmos. Existe mil maneiras de se fazer política; não é preciso ser parte do governo”
  • .



A arma mais poderosa

De todas as poderosas armas de destruição que o homem foi capaz de inventar, a mais terrível - e a mais covarde - é a palavra.
Punhais e armas de fogo deixam vestígios de sangue.
Bombas abalam edifícios e ruas. Venenos terminam sendo detectados.
Mas a palavra destruidora consegue despertar o Mal sem deixar pistas. Crianças são condicionadas durante anos pelos pais, artistas são impiedosamente criticados, mulheres são sistematicamente massacradas por comentários de seus maridos, fiéis são mantidos longe da religião por aqueles que se julgam capazes de interpretar a voz de Deus.
Procure ver se você está utilizando esta arma. Procure ver se estão utilizando esta arma em você. E não permita nenhuma destas duas coisas.
http://g1.globo.com/pop-arte/blog/paulo-coelho/1.html

segunda-feira, 4 de maio de 2015

SEM GREVE!!! POLICIAIS MILITARES E BOMBEIROS OLHAM COM DESCONFIANÇA O TERMO DE COMPROMISSO

SEM GREVE!!! POLICIAIS MILITARES E BOMBEIROS OLHAM COM DESCONFIANÇA O TERMO DE COMPROMISSO


Após à assinatura do Termo de Compromisso(TC), entre governo do Estado e militares, na última quinta-feira(30/04), a possível greve que poderia ser deflagrada não aconteceu. A Comissão dos militares nas negociações com o executivo, optaram por levar ao conhecimento da tropa o referido Termo para ser votado em Assembleia Geral. Dessa forma, evitou-se o movimento paredista dos policias militares e bombeiros. 

O blog explanou todos os pontos do acordo e mesmo assim boa parte dos militares olham com desconfiança o TC. Tem muita gente que não está gostando nadinha desse acordo, principalmente por não ter alterado em muita coisa aquilo que o governo já havia editado através da Medida Provisória nº 197.

Recebemos até o momento 43 comentários na matéria anterior, que fala sobre o assunto. Nas dezenas de comentários, poucos são os que se posicionaram favorável. Outros comentários, não publicados, fizeram duras críticas ao acordo e a comissão de negociação. Como o blog prima pela imagem e honras das pessoas, não publicamos esses comentários ofensivos. 

As reações foram as mais diversas possíveis. O blog recebeu pelas redes sócias, e-mails, telefones e no boca a boca, um turbilhão de críticas questionando o referido acordo.

Uma coisa foi certa, os militares rejeitaram esse escalonamento salarial até 2018, contudo ficou-se para o futuro todas as conquistas.

A grande desconfiança dos policiais militares e bombeiros, resume-se ao fato que o governo Roseana assinou dois acordos e não cumpriu nenhum. Outra situação é a falta de assinatura do próprio governador para legitimar o acordo. 

Isso não quer dizer que os referidos secretários não tenham o aval do executivo, que com certeza eles detêm a autorização do chefe. 

Na última rodada de negociação, uma das lideranças foi bastante contundente em solicitar que o governador assinasse o TC, contudo não encontrou força com as outras lideranças em endossar essa garantia. No frigir dos ovos, o TC foi assinado somente pelos Secretários de Estado.

Acredito que temos que aguardar o desenrolar desses acontecimentos, para podermos saber se o TC, será cumprido em sua íntegra. Quanto à questão salarial, espera-se que seja revista. Nas falas dos Secretários, notei que o grande gargalo era a questão remuneratória. Sempre esbarrou-se no orçamento e nas finanças. Mesmo sendo provado que há dinheiro, o governo deu uma de João sem braço. 

Uma das grandes polêmicas foi a carreira única para os praças, alguns internautas falaram que já é difícil ser promovido a "sargento, imagine a coronel", disse um deles. 

“Sinceramente não consigo entender a festa q se forma em torno dessa " conquista" de soldados chegarem ao posto de cel, rapaz se não estamos conseguindo alcançar a graduação de sargento, imagine cel, bobagem pura, bobagem pura, não queremos ser cel, esperamos ser valorizados e ter uma remuneração digna, mais uma vez nos venderam por promessas faraônicas! !!!”(comentário de internauta)

Vejam que o tom do internauta não foi nada ameno, criticou veemente o acordo. 

Outro internauta, desceu o porrete na comissão e no blogueiro. Criticou e mandou vê de forma contumaz a carreira única.  

"Ebnilson dá uma olhada na Súmula Vinculante 43 e na própria Constituição Federal, aí vc e esses outros lunáticos vão perceber que CARREIRA ÚNICA não vai existir NUNCA, em nenhuma INSTITUIÇÃO MILITAR do nosso País Continental. Quer ser Oficial PM, estude, seja aprovado no CFO, e quando chegar ao Oficialato Intermediário, faça o CAO pra ser Oficial Superior." Deixem esse revanchismo besta, e aguardem o que vai acontecer, QUEM VIVER VERÁ. (comentário de internauta)

Isso é somente para que todos possam compreender que nem tudo foram flores. As críticas servem para nós aprendermos a cada dia. Com relação a súmula vinculante nº 43, o internauta não deixa de ter razão, contudo vou me apropriar do assunto e fazer uma matéria especifica da carreira única. Aí veremos se é constitucional ou não. 

http://ebnilsoncarvalho.blogspot.com.br/

domingo, 3 de maio de 2015

Lei que cria loteria municipal no Maranhão é questionada no Supremo


Lei que cria loteria municipal no Maranhão é questionada no Supremo



A Procuradoria-Geral da República questiona no Supremo Tribunal Federal uma lei editada pela cidade de Caxias, no Maranhão, que criou uma loteria municipal. A justificativa da medida é angariar recursos financeiros para a assistência social. Para a PGR, a norma é inconstitucional, porque usurpa a competência privativa da União para legislar sobre sistemas de consórcios e sorteios.
A loteria municipal foi instituída pela Lei 1.566/2005, que prevê que “a execução do serviço municipal de concurso de prognóstico numérico de múltiplas chances será explorado pelo próprio município, através da Secretaria Municipal de Solidariedade e Desenvolvimento Social, podendo também ser delegado a entidade privada por meio de licitação”.
Para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, “ao se imiscuir em matéria reservada ao ente federal, o município de Caxias invadiu o espaço da reserva legal, previsto no artigo 5º, inciso 2º, da Constituição da República, e subverteu o sistema de distribuição de competências consagrado pelo constituinte”.
De acordo com o PGR, o Decreto-Lei 204, de 27 de fevereiro de 1967, define a atividade de loteria como serviço público a ser exercido exclusivamente pela União. “Com efeito, o Decreto-Lei 204/67 criou o ‘monopólio’ da União sobre o serviço público de loteria, destituindo os demais entes políticos de explorar esse tipo de atividade. Cabe ressaltar, ainda, que o artigo 32 deste decreto-lei veda ‘a criação de novas loterias estaduais’, o que corrobora o argumento de que os demais entes políticos não possuem competência para criar e manter a atividade prevista na lei municipal”, alegou. O relator da ação é o ministro Marco Aurélio. Com informações da assessoria de imprensa do STF.
http://www.conjur.com.br/2015-mai-02/lei-cria-loteria-municipal-maranhao-questionada-stf
A

Caminhar dois minutos a cada hora reduz risco de doenças

Estudo realizado nos Estados Unidos mostrou que mesmo atividades muito leves diminuem o risco de morte causado por doenças associadas ao sedentarismo


Atividade física praticada nos momentos de lazer já garante maior expectativa de vida




Pesquisadores da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, descobriram que a troca de hábitos sedentários por atividades leves e rápidas, como caminhar ou fazer trabalhos domésticos, melhora significativamente a saúde. De acordo com o estudo, se caminharmos por dois minutos a cada hora, o risco de morte causado por doenças associadas ao sedentarismo é reduzido em 33%. No caso de pessoas com doença renal crônica, a redução é ainda maior: 41%. Estes resultados foram publicados esta semana no periódico Clinical Journal of the American Society of Nephrology.
Para Srinivasan Beddhu, coordenador do estudo, quando as atividades físicas, mesmo que leves, são repetidas várias vezes ao longo do dia, podem fazer uma grande diferença. Presumindo que uma pessoa passe 16 horas por dia acordada, dois minutos de caminhada a cada hora, todos os dias, representa um gasto de 400 calorias por semana. O exercício moderado ainda fortalece o coração, os músculos e os os

Oposição usa as armas do PT contra os petistas



O ajuste fiscal de Dilma Rousseff promoveu no Congresso uma inusitada inversão de papeis. A oposição, tratada pela CUT como algoz dos trabalhadores por ter ajudado a aprovar na Câmara o projeto da terceirização de mão de obra, decidiu dar o troco ao PT na mesma moeda. Mandou confeccionar cartazesiguais aos que a central sindical petista usou para atacar os rivais. No alto, o vocábulo “Procurado”. No meio, as fotos de congressistas do PT. No rodapé, o crime cometido contra o trabalhador e a recompensa pela captura: “Um país melhor.”
O pacote fiscal de Dilma chega ao plenário da Câmara nesta semana. Deve começar a ser desembrulhado na sessão de terça-feira (5). Inclui regras que reduzem o valor de benefícios trabalhistas e previdenciários —pensão por morte, auxílio-doença, abono salarial, seguro-desemprego e seguro-defeso. A exemplo do que faz com a terceirização, a CUT critica essas providências. Mas o PT, sob pressão do Planalto, terá de votar a favor, tornando-se alvo da vingança dos seus rivais.
Além da confecção dos cartazes, os antagonistas do PT se equipam para extrair das sessões de votação do ajuste de Dilma o maior proveito político que a ocasião puder proporcionar. Líder do DEM, o deputado pernambucano Mendonça Filho decidiu, por exemplo, requerer a votação em separado de todos os artigos que mexem em direitos do trabalhador.
Do Josias de Souza
Previsto no regimento interno da Câmara, esse tipo de procedimento produz dois efeitos. Num, abre brecha para a realização de várias votações nominais —uma para cada trecho destacado. Em cada votação, os “procurados” petistas deixarão suas digitais no painel eletrônico. Noutro efeito, a tática do DEM obrigará o governo a mobilizar sua infantaria, sob pena de permitir que a sessão caia por falta de quórum numa das várias votações que devem ocorrer.
Também alvejados pela CUT, parlamentares do PMDB hesitam em aprovar os ajustes enviados por Dilma ao Congresso. A hesitação aumentou depois que a presidente e seu padrinho, Lula, engrossaram o coro da CUT contra a terceirização. Para votar o pacote do governo, um pedaço do PMDB exige que central sindical vinculada ao petismo avalize em público o pacote de Dilma, atestando que ele não prejudica o trabalhador.De resto, o presidente peemedebista da Câmara, Eduardo Cunha, decidiu abrir as galerias da Casa para que a CUT acompanhe a votação do ajuste fiscal. Na apreciação da proposta de terceirização Cunha fizera o oposto, vetando o ingresso da claque da CUT. Agora, com ironia escorrendo pelos cantos da boca, Cunha diz ter refletido melhor. Concluiu que o acompanhamento da CUT é essencia

http://www.bemparana.com.br/tupan/oposicao-usa-as-armas-do-pt-contra-os-petistas/#more-52933